Elevação do nível dos rios causa alagamentos em Betim
Elevação do nível dos rios causa alagamentos em Betim – Foto: Adeildo Silva/PMB

Desde sexta-feira (7.jan), as chuvas intensas em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, já demandaram mais de 830 atendimentos pela Defesa Civil, entre deslizamentos de terra, obstruções de vias e alagamentos. Até o último balanço, 36 mil moradores estavam em áreas fortemente afetadas, sendo que 9,2 mil pessoas tiveram que sair de suas casas. Um homem morreu, no sábado, após sua casa desabar.

Segundo a prefeitura, a regional mais atingida pelas chuvas é a Citrolândia, no limite com o município de São Joaquim de Bicas, com 95 ocorrências, entre deslizamentos e alagamentos. A elevação do nível do rio Paraopeba causou grandes inundações na região. No domingo (9.jan), o Hospital Colônia Santa Isabel teve que transferir sete pacientes para outras unidades de saúde após alagamentos em parte de suas instalações.

Também na região, a rodovia Fernão Dias (BR-381), no km 506, foi totalmente interditada devido ao risco das águas do Paraopeba invadirem a pista. Após algumas horas de bloqueio, o trânsito foi liberado na tarde de segunda-feira.

A Defesa Civil realizou 84 atendimentos na regional Centro. No sábado, a avenida Juiz Marco Túlio Isaac, no Jardim da Cidade, ficou completamente inundada após o transbordamento do rio.

Várzea das Flores

A barragem Várzea das Flores, entre Betim e Contagem, continua seu processo de vertimento, quando parte da água é desviada para a calha do rio Betim. No sábado (8.jan), quando a represa atingiu sua capacidade máxima de armazenamento, a Companhia de Saneamento de Minas Gerias (Copasa) iniciou o processo de liberação de parte da vazão. Segundo a empresa, a medida faz parte do plano de operação para períodos chuvosos.

No entanto, esse processo também contribui para a elevação do nível do rio Betim e de seus afluentes. Os bairros próximos à represa registram alagamentos. No Nossa Senhora de Fátima, na regional Norte, a situação segue caótica, com casas completamente inundadas. A avenida Tocantins, próximo à avenida Cordiline, está bloqueada.

Outra avenida que segue com bloqueios é a Edmeia Matos Lazzarotti, no Jardim Brasília, próximo ao Hospital Regional.

Questionada sobre o que está sendo feito para mitigar os problemas causados pela Várzea das Flores, de sua responsabilidade, a Copasa não retornou nosso contato.

Imagem de satélite em Betim - Arte Agenda Betim
Regional Norte de Betim tem avenidas bloqueadas por causa de transbordamentos – arte Agenda Betim

‘Passou de todos os limites’

A quantidade de chuva registrada neste início de ano na região chama atenção. A Defesa Civil registrou, de sábado para domingo, 165,9mm de chuva na cidade, o que representa mais de 60% da média histórica para o mês, de acordo com dados do Climatempo.

Em entrevista à CNN, na noite de ontem, o prefeito Vittorio Medioli (sem partido) disse que a situação na cidade jamais foi vista, e que as chuvas ainda devem continuar nos próximos dias.

“O fenômeno das chuvas atingiu níveis que não são conhecidos aqui. Passou de todos os limites. Nós estamos trabalhando 24 horas para atender as famílias, cerca de 9 mil atingidas, sendo quatro mil gravemente atingidas. Estamos seguindo com muita apreensão esse fenômeno e esperando que possa cessar, mas as previsões ainda dão alguns dias de muita cautela e atenção”, afirmou.

Mais tarde, já em suas redes sociais, o prefeito disse que seriam destinados cerca de R$ 2,5 milhões para atender as necessidades básicas dos desabrigados. Os recursos serão da prefeitura e do Governo Federal, sendo utilizados para a compra de materiais de limpeza e de higiene, além de colchões e enxovais para distribuição aos afetados pelas chuvas.

Janeiro de 2022 – Chuvas intensas em Betim

 

Comunicar erro • Princípios editoriais 

Mais do Agenda Betim

Tarifa do transporte público de Betim passa a custar R$ 5,95

Outras tarifas também foram alteradas. O valor para o transporte escolar foi a R$ 4,10 e o vale social para R$ 5,50.
Centro Especializado contra a Dengue Betim

Betim vai abrir centro para tratamento de pacientes com dengue e chikungunya

O espaço será aberto ao lado do ambulatório cirúrgico no Hospital Regional, com 30 pontos para hidratação venosa e capacidade para realizar até 200 atendimentos por dia.
Frame de vídeo de monitoramento na avenida Juiz Marco Túlio Isaac, em Betim

Previsão do tempo: chuva continua nos próximos dias em Betim

Somente no bairro Senhora de Fátima, na regional Alterosas, o acumulado de chuva neste sábado foi de 24mm. Inmet mantém alerta para chuvas intensas.
Mosquito Aedes aegypti

Betim confirma uma morte por dengue em 2024

Confirmação aconteceu nessa segunda-feira (19.fev). Outro óbito está em investigação pela Secretaria Municipal de Saúde.