Vacina AstraZeneca
Vacina AstraZeneca (Foto: Ingrid Vasconcelos/Agência Minas)

ATUALIZAÇÃO: Por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Prefeitura de Betim suspendeu a aplicação de doses da vacina AstraZeneca em grávidas.

Nesta terça-feira (11), a vacinação contra a Covid-19 segue para todas as puérperas (mães que deram à luz em até 45 dias), e para pessoas com idades entre 50 e 59 anos que possuem comorbidades, incluindo beneficiários do Programa de Prestação Continuada (BPC), e que realizaram o cadastro no site da prefeitura de Betim até 18 horas desta segunda-feira (10).

Vacina AstraZeneca
Vacina AstraZeneca (Foto: Ingrid Vasconcelos/Agência Minas)

Para receber a vacina, é necessário ir a UBS de sua referência, portando um documento de identidade, o cartão de vacinação e um comprovante de residência, entre 8h e 17h.

Vacinação Covid-19 nesta terça-feira (11/05):
— Puérperas (Todas, sem necessidade de cadastro);
— Pessoas da faixa etária de 50 a 59 anos com comorbidades (Necessário cadastro no site da prefeitura);

Cadastro

As pessoas acometidas de outras comorbidades previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI) devem se cadastrar, até o próximo dia 13, por meio de link no site da Prefeitura de Betim (clique aqui para se cadastrar).

O cadastro é válido para pessoas com idade entre 18 e 59 anos que apresentam uma ou mais comorbidades listadas abaixo. Para esclarecer dúvidas sobre o cadastro, o cidadão deve procurar a UBS mais próxima de sua residência.

Comorbidades

– indivíduos com idade entre 18 e 59 anos com deficiência permanente que estão cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC);

– gestantes e puérperas acima de 18 anos de idade;

– diabetes melitus;

– pneumopatias crônicas graves;

– hipertensão arterial resistente;

– doenças cardiovasculares;

– doença cerebrovascular;

– neoplasias hematológicas;

– anemia falciforme;

– obesidade mórbida (índice de massa corpórea ≥ 40);

– cirrose hepática (Child-Pugh A, B ou C);

-doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de predinisona – ou equivalente>10 mg/dia  -ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida;

– pessoas vivendo com HIV e CD4 < 350 células/mm3;

– indivíduos que fazem uso de imunosupressores ou que tenham imunodeficiências primárias;

– pacientes oncológicos que tenham passado por tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses.

2º dose atrasada

Por falta de planejamento das autoridades, cerca de 5.500 pessoas com idades entre 68 e 70 anos ainda não tomaram a segunda dose da CoronaVac em Betim. Na noite desta segunda-feira (10), o prefeito Vittorio Medioli (PSD), disse em transmissão pelas redes sociais, que o município deverá receber nos próximos dias uma nova remessa de CoronaVac, no entanto, o número será insuficiente para imunizar todos que estão com a segunda dose em atrasado.

Linha do tempo vacinação

A vacinação contra a Covid-19 em Betim começou no dia 19 de janeiro, em uma cerimônia simbólica. Desde então, as doses chegam ao município de maneira escalonada, assim o Plano Nacional de Imunização (PNI) pode ser cumprido. Já foram vacinados profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus, que trabalham nos dois Centros de Cuidados Intensivos, do Samu e parte dos trabalhadores da demais unidades de saúde da rede pública e privada.

Também foram vacinados residentes e funcionários das Instituições de Longa Permanência. Já os idosos começaram a ser vacinados no dia 15/02. Veja o cronograma e saiba quais grupos estão sendo vacinados em Betim.

Atualizado em 11/05/2021 às 11:45

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
vacina contra a covid-19

Vacina contra a Covid segue disponível nas unidades de saúde em Betim

Moradores que estão com doses em atraso podem atualizar o esquema vacinal das 9h às 17h
Conteúdo patrocinado: