Locomotiva - Foto VLI Divulgação
Foto: VLI

A Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, decidiu proibir a circulação de trens entre 6h e 22h a partir do dia 14 de novembro. O decreto 43.009, assinado pelo prefeito Vittorio Medioli (sem partido), permite a circulação de locomotivas apenas no período noturno (entre 22h e 6h). A VLI, responsável pelo trecho de 37 km na cidade, disse que a medida é ilegal e que não compete ao município legislar sobre a circulação de suas composições.

A prefeitura argumenta que a VLI não cumpriu com medidas de segurança nos pontos em que a linha férrea corta áreas densamente povoadas, e que a realização do transporte de cargas bloqueia o trânsito em momentos cruciais, prejudicando a coletividade. Segundo a administração municipal, a empresa deveria ter investido cerca de R$130 milhões em obras na cidade. Em junho, Medioli havia ameaçado limitar a circulação de trens na cidade, durante a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI), aberta na Câmara Municipal, que tratava de apurar possíveis omissões em acidentes no trecho administrado pela da empresa na cidade.

No decreto, a prefeitura diz que ‘propôs à empresa uma solução amigável, na qual o Município executaria as soluções integradas’. Essas soluções integradas fazem parte de um conjunto de obras e de sinalizações em passagens de nível consideradas críticas na cidade.

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), concessionária do serviço ferroviário de cargas e controlada pela VLI, informou, por meio de nota, que considera a medida da prefeitura inconstitucional, já que a mesma não tem competência para legislar sobre trânsito e transporte de cargas.

A companhia diz, ainda, que as intervenções em Betim faziam parte de um acordo com o governo federal, de 2013, mas que foi substituído depois de um acordo judicial feito com o Ministério Público Federal (MPF), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

A VLI realiza regularmente os pagamentos referentes a esse acordo, mas não tem autonomia sobre a destinação do recurso. A alocação dele é definida pelo poder público federal. O Governo Federal, por sua vez, decidiu direcionar os recursos para a ampliação do metrô em Belo Horizonte.

acidente envolvendo ônibus e locomotiva em Betim (MG)
Em abril, acidente envolvendo ônibus e locomotiva deixou 5 feridos – Imagem Arquivo/Corpo de Bombeiros

Veja na íntegra o decreto que limita o trânsito de locomotivas em Betim (Órgão Oficial, nº 2265 30/10/2021 – PDF).

Nota da FCA na íntegra:

A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), concessionária do serviço ferroviário de cargas e controlada pela VLI, entende que o Decreto 43.009/2021 do município de Betim é inconstitucional, em razão da competência privativa da União para legislar sobre trânsito e transporte, conforme o artigo 22, inciso XI, da Constituição Federal, bem como de acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), que já se manifestou sobre essa questão em uma decisão com repercussão geral. Ou seja, válida para todos os processos semelhantes.

Além disso, o parágrafo único do artigo 22 da Carta Magna autoriza apenas o estado, e não ao município, a legislar por meio de lei complementar sobre questões específicas relacionadas a trânsito e transporte. A limitação do tráfego ferroviário, com restrições de horário, velocidade e quantidade no município interfere na prestação desse serviço em outras localidades pelas quais passa a ferrovia, tendo em vista a ausência de rota alternativa. Vê-se, portanto, que a legislação do município produz efeitos que transcendem o interesse meramente local, atingindo demais entes da federação.

O município de Betim não possui competência para legislar sobre o transporte ferroviário, o qual é regido por lei federal, premissa importante para que se entenda a natureza e os limites da atividade regulatória no setor ferroviário nacional, motivo pelo qual a FCA pretende adotar as medidas judiciais cabíveis contra o referido decreto.

A companhia esclarece ainda que sua operação se dá em conformidade com todas as regras de segurança estabelecidas pelos órgãos reguladores, o que inclui, por exemplo, a circulação de trens em velocidade reduzida em perímetros urbanos e o acionamento de sinais sonoros no cruzamento com trechos rodoviários. Os sinais são utilizados dentro dos limites estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. Adicionalmente, a companhia realiza campanhas periódicas de segurança, para orientar pedestres, ciclistas e motoristas a respeitar a sinalização, minimizando a possibilidade de ocorrências. A empresa informa, ainda, que está sempre aberta ao diálogo.

A respeito das solicitações de obras em Betim, a VLI esclarece que tais intervenções integravam uma proposta do governo federal em 2013 para converter um compromisso financeiro da empresa com a União para melhorias em algumas localidades ao longo de sua malha. O compromisso de investimentos em obras foi substituído por pagamentos em função de um acordo judicial do qual participaram o MPF, a ANTT e o DNIT, além da FCA. A companhia realiza regularmente os pagamentos referentes a esse acordo, mas não tem autonomia sobre a destinação do recurso. A alocação dele é definida pelo poder público federal.

 

Comunicar erro • Princípios editoriais 

Mais do Agenda Betim
Vista aérea sobre a avenida Edmeia Mattos Lazzarotti, região Central de Betim (MG)

Frente fria pode provocar chuvas isoladas ainda nesta semana em Betim

Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um alerta, até as 10h de quinta-feira, para ‘chuvas intensas’.
Entrada principal do Centro Administrativo da Prefeitura de Betim

IPTU 2024: Saiba como emitir a guia de pagamento do imposto

Contribuintes podem fazer a emissão do boleto pela internet, no portal da prefeitura, ou presencialmente na sede administrativa.
Pré-Carnaval de Betim 2024

Carnaval 2024: Betim adota ponto facultativo na data

Muita gente tem dúvidas sobre a data ser considerada feriado ou dia útil. Na administração pública, somente serviços considerados essenciais vão funcionar. No setor privado, cada empresa tem autonomia para definir suas regras.
Fachadas dos shoppings Partage e Monte Carmo, em Betim

Saiba como funcionam os shoppings de Betim durante o Carnaval

Veja os horários de funcionamento das lojas, das operações de alimentação e dos serviços de lazer no Partage e no Monte Carmo.