Também estamos nas redes

Faça sua busca

Cidade

Prefeitura confirma que Betim não seguirá municípios da Grande BH na ‘Onda Lilás’

Associação de Municípios da Região Metropolitana se reuniu nesta segunda-feira (8), para alinhar ações conjuntas de combate à covid-19; Betim mantém decreto que limita o horário de funcionamento do comércio

Nesta segunda-feira (8), prefeitos de 21 municípios que fazem parte da Associação de Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), se reuniram para definir estratégias no enfrentamento da Covid-19 em conjunto.

Betim não participou da reunião. Em uma transmissão nas redes sociais, o prefeito Vittorio Medioli (PSD), disse que sugeriu sua participação de forma remota, ou com a representação pela vice-prefeita, Cleusa Lara (PSL), mas o pedido não foi aceito pela Granbel. Medioli adiantou que não pretende, no momento, decretar fechamento total do comércio, visto que, nenhuma medida de auxílio financeiro foi prorrogada pelo Governo Federal, para apoiar os setores afetados. “Acredito que a consciência, sobretudo dos comerciantes, é fundamental. Betim já adotou um horário especial, mais restritivo, das 10h às 16h para os não-essenciais”, disse.

Entre as medidas que serão adotadas, a partir desta terça-feira (9), em cidades como São Joaquim de Bicas, Nova Lima, Igarapé, Sarzedo, Juatuba e Contagem, estão a proibição de venda de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes, e um toque de recolher das 20h às 5h.

Em nota, a Prefeitura de Betim, informou que o município não irá aderir à proposta deliberada pela Associação de Municípios, e que Betim continuará colocando em prática o Plano Municipal de Enfrentamento à Covid-19.

Na última sexta-feira (5), um decreto da prefeitura reduziu o horário de funcionamento do comércio considerado não essencial em uma hora. Lojas de roupas, móveis, eletroeletrônicos, salões de beleza, entre outras, podem abrir das 10h às 16h. Restaurantes, bares e lanchonetes também tiveram o horário reduzido em uma hora, podendo funcionar das 10h às 20h. Shoppings, galerias e feiras-shoppings funcionam das 11h às 20h.

Hospitais lotados

Na mesma transmissão, Vittorio Medioli anunciou a abertura de 25 leitos nas unidades hospitalares de Betim, que seguem com ocupação no limite. De acordo com a última atualização da Secretaria Municipal de Saúde, feita ontem (7), os dois Centros de Cuidados para Covid-19 estão lotados. Dos 75 leitos de CTI ativos, 70 estavam ocupados (93,3%). Na enfermaria, a situação não é diferente, com 44 pacientes e apenas uma vaga disponível (97,8%).

Leito CTI UTI Hospital
(Imagem PMB/Divulgação)

Apoiar o jornalismo local não custa nada.
Se esta matéria foi interessante para você, compartilhe em suas redes sociais.


Acompanhe as últimas notícias de Betim também pelas redes sociais
Instagram
Facebook


Quer sugerir uma reportagem? Entre em contato conosco.

Viu alguma informação incorreta ou erro ortográfico em nossos textos? Avise-nos.

Continue navegando. Tem mais conteúdo para você logo abaixo 😉

 

Você está na editoria: Cidade

Comentários

+ lidas

Saúde

Prefeito disse enfrentar dificuldades na aquisição de medicamentos para internação de pacientes, tendo estoque para cerca de dez dias, e a situação afeta o...

Cidade

Internado há duas semanas, Pinduca segue se recuperando após contrair a Covid-19

Cidade

Prefeitura segue determinações do Governo de Minas para diminuir a propagação do coronavírus

Cidade

Todas as 36 Unidades Básicas de Saúde do município estarão abertas nesta sexta-feira (9), das 10h às 18h, para vacinar pessoas com 67 anos

Saúde

A imunização será realizada nesta quarta-feira (14), das 7h às 18h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade

Saúde

Total de óbitos no município chegou a 738, de acordo com o balanço da Secretaria de Saúde. Foram registrados, também, 292 novos casos nesta...

Cultura

Projeto Semeando Cidadania, Saber & Cultura prevê atividades de arte-educação e valorização do patrimônio cultural. Nos próximos dois anos, pretende alcançar 2.900 pessoas com...

Saúde

Total de casos desde o início da pandemia chega a 23.004, e o de mortes a 720

Publicidade