Edifício sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
Edifício sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, nesta terça-feira (8), a formação de um novo partido, a União Brasil, resultante da fusão entre o DEM e o PSL. A aprovação, que já era esperada, foi unânime.

Com a fusão, a União Brasil torna-se, de imediato, a maior bancada na Câmara dos Deputados, com 81 cadeiras, e o PT, a segunda maior, com 53 parlamentares. Dessa maneira, o novo partido passa a ter direito, em tese, à maior fatia do Fundo Partidário, algo em torno de R$ 160 milhões.

Pode ocorrer, contudo, significativa migração de parlamentares descontentes com a fusão. Para isso, os deputados devem aproveitar a chamada janela partidária, que permite, em um intervalo de tempo predeterminado antes das eleições para a Câmara, a mudança de sigla sem perda de mandato. Neste ano, a janela ficará aberta entre 3 de março e 1º de abril.

Em seu estatuto, a União Brasil se declara “social liberalista” e defende o papel do Estado como “regulador” da economia, focado em garantir à população serviços essenciais “como saúde, educação, segurança, liberdade, habitação e saneamento”.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Refeição

Vereadores aprovam projeto para oferecer merenda durante as férias escolares em Betim

Proposta visa atender estudantes em situação de vulnerabilidade social
Sede Administrativa do Governo de Minas (Imagem Agência Minas)

Assembleia de MG promulga reajuste de servidores

Parlamentares derrubaram veto do governador Romeu Zema em relação aos adicionais para os trabalhadores da Saúde, Educação e Segurança Pública; Governo deverá recorrer à Justiça
Vereadores em CPI da Lama

Câmara de Betim faz nova oitiva na CPI da Lama

Na audiência, que está marcada para às 14h, serão ouvidos o secretário municipal de Meio Ambiente, Ednard Barbosa, e a presidente da Ecos, Marinésia Makatsuru
Vereadores de Betim em reunião ordinária

Projeto quer obrigar empresas sediadas em Betim a incluir nos sites oficiais links para o Procon

Segundo Gregório Silva (PROS), autor do PL, a medida busca facilitar o acesso do consumidor aos órgãos de proteção; O texto segue para sanção ou veto do prefeito
Conteúdo patrocinado: