Adolescentes recebe vacina contra a Cvid-19 em unidade de saúde de Betim (MG)
Vacinação em adolescentes de Betim – Foto: Jhonathan Lewinsky/PMB/Divulgação

Os adolescentes com 12 anos de idade poderão se vacinar contra a Covid-19 nesta quarta-feira (6), em Betim. A aplicação do imunizante da Pfizer ocorrerá em todas as 37 Unidades Básicas de Saúde do município.

Segundo a prefeitura, os adolescentes não precisam estar acompanhados de um dos pais ou responsável. No ato da vacinação, é necessário apresentar um documento de identidade com foto, o Cartão SUS, o cartão de vacina e um comprovante de endereço.

“Nós acreditamos que, pelos números até então realizados, mais de 90% do público-alvo terá recebido pelo menos uma dose da vacina”, disse o prefeito Vittorio Medioli (sem partido), em uma transmissão pelas redes sociais nesta terça.

Repescagem
Os adolescentes de 13 a 17 anos que, por algum motivo, ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra covid-19 têm até a próxima sexta-feira (8) para comparecer à Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência para garantir a imunização

Cronograma dose 1
Adolescentes de 12 anos

Quarta-feira, 6 de outubro
Local: 37 UBSs (veja endereços);
Horário: das 8h às 17h;

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Marcelo Queiroga em entrevista coletiva no Ministério da Saúde

Ministro detalha motivos para decretar fim da emergência sanitária

O ministro garantiu que haverá um período de transição, e que mesmo com o fim da emergência sanitária “nenhuma política de saúde será interrompida”
Vacina CoronaVac

Covid-19: Betim se aproxima de 900 mil doses de vacinas aplicadas

Mais de 77% dos moradores completaram o ciclo vacinal, de acordo com o ‘vacinômetro’ da Secretaria Municipal de Saúde
Marcelo Queiroga

Governo anuncia fim da emergência sanitária por covid-19 no país

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez pronunciamento neste domingo
Marcelo Queiroga

Covid-19: ministro oficializa fim de emergência sanitária

O fim da emergência de saúde pública terá um prazo de transição de 30 dias, para adequação dos governos federal, estaduais e municipais, ou seja, a portaria passa a valer em 22 de maio
Conteúdo patrocinado: