Rio Betim na Avenida Edmeia Mattos Lazzarotti
Foto: arquivo/Rafael Moreira/Agenda Betim

A Defesa Civil de Betim informou que atendeu 15 ocorrências após a chuva prolongada desta segunda-feira (6). O balanço foi contabilizado até as 15h. As equipes foram acionadas para vistoriar áreas de deslizamentos, quedas de muros, risco de quedas de árvores, risco de colapso de laje, além do monitoramento das vias que margeiam o Rio Betim e o Riacho das Areias.

A situação mais grave aconteceu no bairro Cruzeiro, na região do PTB, onde três residências foram interditadas em uma área de risco já monitorada que apresentou alto risco de deslizamento. Os moradores foram encaminhados para casa de parentes.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, não houve, até o momento, registro de desabamento, e nenhum morador ficou ferido.

De acordo com o índice pluviométrico monitorado pela superintendência, a cidade recebeu o volume de 82 mm de chuvas nas últimas 24 horas. Novos alertas para esta tarde e noite, em toda a região metropolitana, já foram emitidos pela Defesa Civil do Estado.

Defesa Civil – 199;

Corpo de Bombeiros – 193;

Polícia Militar – 190;

Guarda Municipal – 153;

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Avenida Edmeia Matos Lazzarotti em Betim em um dia de chuva

Semana em Betim começa com muito frio e chuva isolada

A temperatura mínima estimada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para este domingo é de 15ºC e a máxima não deve passar dos 28ºC
São Paulo - Pessoa em situação de rua dorme na rua São Luís, região central

Campanha do Agasalho em Betim começa na 2ª; veja pontos de doação

Ação foi antecipada em razão da forte onda de frio que atingiu a cidade. Serão beneficiadas pessoas que estão em situação de rua e/ou vulnerabilidade social
Miss Betim Gay

Inscrições para o 6º Miss Betim Gay vão até dia 20 de junho

A coroação está prevista para acontecer no dia 30 de julho, ainda sem local definido
Mulher segura máscara

Uso de máscaras volta a ser obrigatório em escolas de Betim

Decreto publicado nesta quinta-feira (26) incluiu escolas nos ambientes em que o uso do equipamento não é opcional. Transporte público e unidades de saúde seguem com a obrigatoriedade
Conteúdo patrocinado: