Sede do Instituto Ramacrisna
(Imagem Produtora Antenados/Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o Instituto Ramacrisna, de Betim, conquistou o Selo A+ do Instituto Doar, que audita e reconhece as organizações da sociedade civil que seguem parâmetros internacionais de gestão e transparência. O Ramacrisna obteve 50 pontos dos 52 possíveis avaliados, o que lhe garantiu a nota mais alta concedida pelo Selo.

Dentre os critérios avaliados, estão itens como Governança, Contabilidade e Finanças, Recursos Humanos, Comunicação, Prestação de Contas e Transparência. A vice presidente do Ramacrisna, Solange Bottaro, comemorou o certificado: “Neste ano foram acrescentados vários critérios novos e é muito gratificante perceber que atendemos com excelência aos padrões de qualidade exigidos. Este é, sem dúvida, um importante reconhecimento e um grande incentivo ao trabalho de toda a equipe envolvida”.

Desde 1984, a melhoria contínua da gestão é um dos focos do Instituto Ramacrisna. A partir de 2008, em parceria com a Fundação Dom Cabral, os gestores passaram a potencializar as estratégias de gestão da instituição, desenvolver a visão sistêmica em governança e promover a capacitação para a implementação de ferramentas gerenciais e melhoria de processos internos. 

O esforço não foi em vão. Nos últimos quatro anos, o Ramacrisna ficou entre as 100 melhores ONG’s do Brasil e em 2018 foi eleita a melhor Organização de Assistência Social do país. Além disso, em 2020 recebeu o selo ONG Transparente, cujo objetivo é atestar a transparência de informações das organizações sociais através da web. Esse reconhecimento chamou a atenção de empresas e órgãos financiadores, incluísse internacionais que passaram a apoiar a Instituição. “Todas essas premiações e selos são fundamentais para que patrocinadores, apoiadores e doadores encontrem informações isentas e adequada para a tomada de decisão, uma vez que o Brasil conta com quase 800 mil organizações sociais”, destaca Solange.

O Instituto Ramacrisna foi fundado em 1959, com a missão de transformar a vida de crianças, jovens e famílias na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além de complementar a educação escolar, essas atividades apresentam o mundo da tecnologia, do esporte e da cultura a esse público. Ao longo destes 62 anos, o Instituto já impactou a vida de mais de dois milhões de pessoas de 13 cidades da região metropolitana de BH.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
termômetro marca 10ºC

Betim pode ter mínima de até 5ºC nesta semana; veja a previsão do tempo

Os dias mais frios serão na quarta e quinta-feira (19), com mínimas de até 8ºC e 5ºC, respectivamente
Entrega de vale-gás e vale-alimentação pelo Insituto Ramacrisna em Betim (MG)

Famílias de baixa renda na Grande BH recebem vale-alimentação e vale-gás

A ação social, realizada pelo Instituto Ramacrisna com o apoio da Petrobras, vai beneficiar 1,3 mil famílias em Betim, Sarzedo e Ibirité
Criança atrás de uma grade

Betim promove seminário sobre prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

A programação inclui o debate de dois temas: atenção às crianças e adolescentes em situação de violência sexual e cadeia de custódia
Atletas vencem Copa Mais Ação de vôlei feminino -

Betim: equipe sub-16 de vôlei feminino vence Copa Mais Ação

Campeonato foi disputado na última quinta-feira (12), em Belo Horizonte
Conteúdo patrocinado: