16-03-2021 - Vittorio Medioli fala sobre decreto do Governo de Minas (Imagem Reprodução Facebook)
(Imagem Reprodução/Facebook)
16-03-2021 - Vittorio Medioli fala sobre decreto do Governo de Minas (Imagem Reprodução Facebook)
(Imagem Reprodução/Facebook)

Após o anúncio do governador Romeu Zema (Novo), na noite de ontem (15), colocando todas as regiões de Minas Gerais na onda roxa do Minas Consciente, o prefeito Vittorio Medioli (PSD) foi às redes sociais na tarde desta terça-feira manifestar sua posição em relação ao tema.

“O Estado baixou uma norma que coloca todas as regiões dentro desta onda roxa. A onda roxa tranca tudo, deixa aberto somente os serviços essenciais. Agora, nós não temos possibilidade de flexibilizar. O próprio decreto não nos dá esta possibilidade, mas, eventualmente, possibilita criar normas mais restritivas”, disse.

Vittorio Medioli demonstrou sua insatisfação com o governo estadual e o programa Minas Consciente. “O texto também é confuso, erros grosseiros de concordância, mas é o mínimo que nós temos hoje na cúpula das instituições que deveriam tomar conta da saúde de todo o estado. Nós temos que nos conformar com estas medidas”, lamentou.

Na determinação estadual, todas as 853 cidades de Minas deverão restringir a circulação de pessoas nas ruas das 20h às 05h, e manter funcionando apenas atividades de setores considerados essenciais pelo Minas Consciente.

  • Funcionamento apenas do serviço essencial;
  • Suspensão de cirurgias eletivas;
  • Restrição de circulação de pessoas (só poderão sair de casa para atividades essenciais);
  • Toque de recolher das 20h às 5h e aos finais de semana;
  • Proibição de pessoas sem máscara em qualquer espaço público ou de uso coletivo, ainda que privado;
  • Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, a menos que estejam indo para consulta médica;
  • Proibição de eventos públicos ou privados;
  • Proibição de reuniões presenciais, inclusive entre parentes que não morem na mesma casa;
  • Implantação de barreiras sanitárias de vigilância;
  • Fechamento de bares e restaurantes (funcionamento apenas por delivery);

Ontem, Romeu Zema justificou a decisão em virtude da situação vivida em Minas Gerais. “Chegamos agora no momento mais difícil, os hospitais estão no limite, ao mesmo tempo em que muitas pessoas não estão respeitando as medidas de isolamento. O resultado é que todas as regiões do estado enfrentam hoje dificuldades para oferecer atendimento médico. Por isso, ouvindo os especialistas em saúde e nosso comitê de enfrentamento da Covid, anunciamos medidas mais duras, pensando na proteção de todos os mineiros e para garantir atendimento adequado”, afirmou Zema.

Ainda nesta terça-feira (16), a Prefeitura de Betim irá publicar o decreto 42.602 com todas as restrições nas atividades não essenciais.

Covid-19

Betim registrou nesta terça-feira (16), mais oito óbitos e 314 casos confirmados de Covid-19. Esta é a décima atualização consecutiva do boletim epidemiológico, em que são registradas, ao menos, cinco mortes no município. Desde o início da pandemia, foram 19.192 casos confirmados e 532 óbitos.

Hospitais seguem lotados

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com dados de ontem (15), 95% dos leitos de CTI estavam ocupados. Nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação chegou a 96%. A Prefeitura de Betim pretende expandir, até o final do mês, a capacidade dos hospitais para 110 leitos de CTI e 100 leitos de enfermaria. Hoje o município dispõe de 80 leitos para CTI e 60 de enfermaria.

No início do mês, o Agenda Betim mostrou que a SMS omitia a real situação dos hospitais, ao utilizar como cálculo da taxa de ocupação, leitos que sequer estavam disponíveis para atendimento.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Mulher segura máscara

Uso de máscaras volta a ser obrigatório em escolas de Betim

Decreto publicado nesta quinta-feira (26) incluiu escolas nos ambientes em que o uso do equipamento não é opcional. Transporte público e unidades de saúde seguem com a obrigatoriedade
São Paulo - Pessoa em situação de rua dorme na rua São Luís, região central

Campanha do Agasalho em Betim começa na 2ª; veja pontos de doação

Ação foi antecipada em razão da forte onda de frio que atingiu a cidade. Serão beneficiadas pessoas que estão em situação de rua e/ou vulnerabilidade social
Criança atrás de uma grade

Betim promove seminário sobre prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

A programação inclui o debate de dois temas: atenção às crianças e adolescentes em situação de violência sexual e cadeia de custódia
termômetro marca 10ºC

Betim pode ter mínima de até 5ºC nesta semana; veja a previsão do tempo

Os dias mais frios serão na quarta e quinta-feira (19), com mínimas de até 8ºC e 5ºC, respectivamente
Conteúdo patrocinado: