Imagem aérea do Cemitério Parque Jardim da Cachoeira, em Betim (MG)
(Imagem Arquivo/PMB/Divulgação)

Com mais onze registros nas últimas 24 horas, Betim ultrapassou a marca de 800 vidas perdidas em decorrência da Covid-19. São 809 no total, de acordo com o balanço publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), nesta sexta-feira (16).

Entre os 23.827 casos confirmados desde o início da pandemia (31 nas últimas 24h), 645 pessoas estão em acompanhamento pela SMS, outras 104 seguem internadas na rede municipal de saúde, e 22.269 se recuperaram.

De ontem para hoje, foram feitas 1.001 notificações de síndrome gripal, que de acordo com o Ministério da Saúde, são pessoas que apresentam quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois sintomas, como febre, calafrios, dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza, distúrbios olfativos ou gustativos. Estes casos entram no boletim como suspeitos de Covid-19.

Covid-19 em Betim (16/04/2021)

  • 104.933 notificações de síndrome gripal (+ 1.001 novos);
  • 33.844 casos descartados para o coronavírus;
  • 23.827 confirmações (22.269 recuperados, 645 em acompanhamento, 104 internados e 809 óbitos);

Avanço da doença

Betim levou apenas nove dias para superar a marca entre 700 e 800 óbitos (08/04 a 16/04). O recorde negativo anterior havia sido entre 600 e 700 óbitos, com apenas 11 dias.

Marca de óbitosData do boletimNº total de casos
23/0320202
1º óbito29/04/202015
+ 10005/08/20203.035
+ 20025/09/20205.763
+ 30029/12/202010.649
+ 40001/02/202113.695
+ 50009/03/202118.553
+ 60026/03/202120.191
+ 70007/04/202122.747
+ 80016/04/202123.827
Fonte: Boletins da Secretaria Municipal de Saúde
Imagem aérea do Cemitério Parque Jardim da Cachoeira, em Betim (MG)
(Imagem Arquivo/PMB/Divulgação)

Prorrogação da Onda Roxa

O prefeito Vittorio Medioli (PSD) foi às redes sociais na quinta-feira (15), confirmar que Betim não seguirá, no momento, as deliberações da Onda Vermelha do Minas Consciente, mantendo as atuais restrições da Onda Roxa nas atividades consideradas não essenciais até o dia 21 de abril.

Medioli disse que houve pouca melhora nos indicadores na última semana, portanto, não será possível o avanço para a onda vermelha. “Já ouvi toda a parte médica, a Vigilância Sanitária, e nós vamos manter até dia 21 de abril as normais atuais, de onda roxa. Portanto, não haverá bebidas alcoólicas, não haverá botecos e bares abertos”, disse.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
vacina contra a covid-19

Vacina contra a Covid segue disponível nas unidades de saúde em Betim

Moradores que estão com doses em atraso podem atualizar o esquema vacinal das 9h às 17h
Conteúdo patrocinado: