18.jan.2021 - A técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)
18.jan.2021 – A técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)
18.jan.2021 - A técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)
18.jan.2021 – A técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)

Na noite desta segunda-feira, 18 de janeiro, as primeiras cinco pessoas foram vacinadas em solo mineiro. Em uma cerimônia no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, foi dada a largada para a vacinação em Minas Gerais.

A técnica em enfermagem Maria do Bonsucesso Pereira, de 57 anos, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no estado. Ela trabalha no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Eduardo de Menezes, na capital. “Nesta hora, neste momento, está chegando a vacina, a nossa luz no fim do túnel. Então, peço à população, vacinem, mas, por favor, tomem cuidado. Não deixem de usar a máscara, álcool em gel e lavar as mãos. Isso ainda vai viver conosco por algum tempo. Mas vai passar!”, disse.

Além de Maria do Bonsucesso, foram vacinados na mesma cerimônia, o técnico em enfermagem Thiago Libério Santana Medina, de 39 anos, a enfermeira do CTI, Adileia Pereira de Jesus Cardoso, de 52 anos, o fisioterapeuta respiratório no CTI, Moisés Alves Senra, de 39 anos e a médica coordenadora de CTI Teresa Gamarano Barros, de 37 anos. Todos trabalham no Hospital Eduardo de Menezes, referência no tratamento da Covid-19.

Vacinas

A aprovação dos imunizantes do Instituto Butantan/Sinovac e da FioCruz/Oxford/AstraZeneca ocorreu no dia anterior pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Minas Gerais recebeu 577 mil doses da CoronaVac para o início da vacinação. Nesta primeira fase, serão imunizados profissionais de saúde e idosos em Instituições de Longa Permanência. Ainda não há data para os próximos grupos.

De acordo com o governo estadual, está será a maior operação de vacinação da história de Minas. “Já montamos, junto com as Forças de Segurança do Estado, principalmente a Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, a distribuição das vacinas que será a maior da história do estado. Vamos utilizar todas as aeronaves, aviões e helicópteros para que as 28 regionais sejam abastecidas com a maior agilidade possível”, disse o governador Romeu Zema (Novo).

18.jan.2021 - Doses da CoronaVac chegam em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)
18.jan.2021 – Doses da CoronaVac chegam em Minas Gerais (Imagem Alexandre Rezende/Nitro/Governo de Minas)

A expectativa é a de que em 24 horas todas as 28 Superintendências Regionais de Saúde tenham recebido o imunizante após a chegada dos lotes no estado. Caberá aos 853 municípios buscar as doses nessas unidades regionais.

Betim

Secretaria Municipal de Saúde aguarda a definição do Governo do Estado de Minas Gerais sobre quando e o quantitativo de doses da vacina contra a Covid -19 que serão enviadas para o município. Em uma transmissão pela internet nesta segunda-feira (18), o prefeito Vittorio Medioli (PSD), disse que os profissionais de saúde da rede pública e privada, mais expostos ao vírus, serão os primeiros na imunização. Em seguida, idosos das Instituições de Longa Permanência (ILPIs).

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
vacina contra a covid-19

Vacina contra a Covid segue disponível nas unidades de saúde em Betim

Moradores que estão com doses em atraso podem atualizar o esquema vacinal das 9h às 17h
Conteúdo patrocinado: