Rodoviária de Belo Horizonte
Rodoviária de Belo Horizonte – Foto: arquivo/Seinfra/Divulgação

A rodoviária de Belo Horizonte, cinco terminais e 17 estações do Move Metropolitano foram arrematados por R$ 20 milhões, na tarde desta sexta-feira (25), em um leilão na B3, em São Paulo. O valor corresponde a um ágio de 1.829,05% sobre o valor previsto inicialmente pelo Governo de Minas.

O consórcio Terminais BH, formado pelas empresas Grupo Infracon e a Riera Investimentos e Administração será responsável por esses terminais nos próximos 30 anos.

Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), durante o período de concessão, serão investidos R$ 122 milhões, sendo R$ 51 milhões nos 36 primeiros meses. Ainda segundo a pasta, 2.900 empregos diretos e indiretos devem ser criados a partir da concessão.

Além da Rodoviária de BH, foram concedidos também os terminais metropolitanos de Sarzedo, Ibirité, Justinópolis, Morro Alto (Vespasiano) e São Benedito (Santa Luzia). A concessão também inclui as estações Risoleta Neves, Portal Santa Luzia, Ubajara, Atalaia, Alvorada, Bernardo Monteiro, Nossa Senhora de Copacabana, UPA Justinópolis, Aarão Reis, Oiapoque, Parque São Pedro, Canaã, Bosque da Esperança, Trevo Morro Alto, Cidade Administrativa, Serra Verde e Trevo Santa Luzia.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Eclipse lunar lua de sangue

Céu nublado na Grande BH pode prejudicar quem deseja ver o eclipse lunar

A ‘lua de sangue’ – em razão dos tons avermelhados – poderá ser vista (ou não) em todo o território nacional daqui a pouco, a partir das 23h27
Senac Minas

Senac oferece cursos técnicos gratuitos em BH, Contagem e Betim

Aulas serão na modalidade de Educação a Distância (EAD) e começam no dia 20 de junho
Conteúdo patrocinado: