Sala de aula vazia em Betim
(Imagem Edson Dutra/PMB/Divulgação)
Sala de aula vazia em Betim
(Imagem Edson Dutra/PMB/Divulgação)

O prefeito Vitorio Medioli (PSD) descartou o retorno das aulas presenciais na rede pública de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. Na noite de segunda-feira (26), Medioli falou sobre o assunto em uma transmissão para seus seguidores nas redes sociais.

No entanto, o prefeito disse que na rede privada, é possível autorizar o retorno. “Se os pais quiserem, e as escolas quiserem abrir, tudo bem”, salientou. Em março, a Prefeitura de Betim chegou a receber pedidos de escolas particulares para o retorno, mas a forte onda de casos da Covid-19 no início deste ano, impediu qualquer possibilidade de volta.

Na rede pública, Medioli afirmou que é preciso ter vacinas para os profissionais da educação, ou então, uma queda considerável nos casos da doença no município. “Agora, no ensino público e conveniado, enquanto não termos vacinas para o pessoal da educação, acho que não podemos voltar”, concluiu.

As aulas presenciais na rede pública e privada estão suspensas desde março do ano passado, em razão das medidas de enfrentamento à Covid-19. A educação superior, técnica e os cursos livres já tiveram o retorno presencial liberado no município.

Kit Alimentação

As entregas do kit alimentação às famílias de estudantes da rede pública continuam sendo realizadas no município. O cronograma segue por regionais administrativas. O kit composto por itens da cesta básica é fornecido como substituição da merenda, que deixou de ser feita com a suspensão das aulas presencias, ainda no ano passado.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Fundo de Financiamento Estudantil - fies

FNDE prorroga prazo para renovação de financiamento do Fies

Novo prazo vai até 30 de abril
Educação de Jovens e Adultos em Betim

Encceja 2022: veja as datas do exame de certificação para Jovens e Adultos

O Encceja afere competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou médio na idade adequada
Victor Godoy

Victor Godoy é efetivado no Ministério da Educação

Godoy estava interinamente no cargo desde a saída do ex-ministro Milton Ribeiro
Fachada do Inep, em Brasília

Inep inicia aplicação das provas do Pisa

Estudantes de todo o país, com 15 anos de idade e que estejam matriculados a partir do 7º ano do ensino fundamental, serão avaliados até o dia 31 de maio
Conteúdo patrocinado: