Fila de mutirão de emprego (Imagem Rovena Rosa Agência Brasil)
(Imagem Arquivo/Rovena Rosa/Agência Brasil)

A população desocupada no Brasil, que era de 10,1 milhões em maio, passou para 12,3 milhões em julho, e, em agosto, atingiu 12,9 milhões de pessoas, um aumento de 27,6% desde maio. A taxa de desocupação aumentou em 0,5 ponto percentual de julho para agosto, passando de 13,1% para 13,6%.

Os dados constam da edição mensal da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid-19 (Pnad Covid-19) , divulgada hoje (23) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em agosto, a Pnad Covid-19 estimou a população ocupada do país em 84,4 milhões de pessoas, com aumento de 0,8% em relação a julho, mas ainda acumulando redução de 2,7% em relação a maio.

A Região Sul foi a única a apresentar queda da população desocupada (2,3%). As regiões Nordeste, com 14,3%, e Norte, com 10,3%, apresentaram as maiores variações.

A taxa de desocupação entre as mulheres foi de 16,2%, maior que a dos homens, com 11,7%, sendo que a diferença também foi verificada em todas as grandes regiões. Por cor ou raça, no Brasil e em todas as grandes regiões, a taxa era maior entre as pessoas de cor preta ou parda (15,4%) do que para brancos (11,5%).

Por grupos de idade, os mais jovens apresentaram taxas de desocupação maiores, de 23,3% para aqueles de 14 a 29 anos de idade. Por nível de escolaridade, aqueles com nível superior completo ou pós-graduação tiveram as menores taxas, 6,8%.

(Imagem Rovena Rosa/Agência Brasil)

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Censo 2022 do IBGE

IBGE lança novo concurso para 15 mil vagas de recenseador

Há vagas ainda não preenchidas em diversos municípios do país
Homem fala ao telefone

Consumidor ganha canal para denunciar telemarketing abusivo

Ocorrências serão feitas por formulário eletrônico
dinheiro e uma calculadora

Governo antecipa calendário do Auxílio Brasil

Atualmente, 17,5 milhões de famílias são atendidas pelo programa.
Agência do INSS

INSS: análise de atestado pode ser feita via aplicativo

Decisão abrange benefício por incapacidade temporária
Conteúdo patrocinado: