Também estamos nas redes

Faça sua busca

Cidade

Prefeitura de Betim inicia pré-cadastro para Plano Emergencial de Vacinação contra a covid-19

Nesse primeiro momento do processo, as empresas situadas na cidade devem encaminhar uma listagem com dados de seus colaboradores para a prefeitura

Vacina CoronaVac
(Imagem PMB/Divulgação)

A Prefeitura de Betim iniciou, nesta terça-feira (6), o processo de abrangência de cadastro para imunização de pessoas residentes  – ou com residência laboral – na cidade. Conforme anunciado na última semana pelo prefeito Vittorio Medioli (PSD), o município já possui o cadastro da população que se enquadrada nos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização, como idosos e profissionais de saúde, mas, agora, precisa ampliar esses registros para incluir o restante da população local – de 18 a 59 anos, ou seja, os que estão aptos a receber a vacina.

Nesse primeiro momento do processo, as empresas situadas na cidade devem encaminhar uma listagem com dados de seus colaboradores para a prefeitura. Todas as informações foram detalhadas na última quinta-feira (1º), em duas edições do Órgão Oficial do Município. A primeira normatizou a estratégia de imunização da prefeitura, por meio da Lei nº 6.828. O decreto nº 42.658, que trata do cadastramento da população para execução do plano, foi publicado logo depois, em edição especial.

Conforme estipula o decreto, a imunização para os residentes de Betim ocorrerá em duas etapas. A primeira é voltada para pessoas com comorbidades e em condições especiais, dentre elas deficiência grave (motora, auditiva ou visual ou intelectual); pessoas em situação de rua; trabalhadores de serviços públicos essenciais; caminhoneiros autônomos com atividade comprovada; trabalhadores da educação pública (municipal, estadual e federal); profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros, guardas municipais), dentre outras. A segunda será voltada para residentes que não estão nos critérios da primeira fase.

O cadastro deverá ser feito pela internet, por meio de site que será divulgado posteriormente pela gestão municipal. Para comprovar residência em Betim será necessário apresentar o título de eleitor com endereço eleitoral no município, juntamente com documento oficial com foto. No cadastro serão definidos data, local e horário em que a pessoa deverá comparecer para primeira e segunda dose de imunização. No dia da vacinação, a pessoa deverá portar os documentos solicitados no cadastro.

Quem não possuir título de eleitor com domicílio eleitoral em Betim, mas morar na cidade deverá comparecer à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, levando comprovante de endereço em seu nome, expedido por fornecedor de serviço público, como Cemig, Copasa, telefonia fixa, bancos ou cartões de crédito.

População flutuante

As pessoas que não moram em Betim, mas trabalham no município também serão contempladas pela vacinação em duas etapas. A primeira será para trabalhadores dos segmentos da indústria (em geral); do transporte de passageiros (terrestre e aéreo); da construção civil; de empresas de transporte – restrito a motoristas profissionais; dos ferroviários; de trabalhadores da educação privada (ensino infantil, fundamental, médio, superior e profissionalizantes); de estabelecimento alfandegário; das pedreiras; de artefatos de construção.

A segunda consistirá em imunizar profissionais das áreas de comércio varejista e atacadista, prestação de serviços em geral, transporte de carga e outros ramos. Para comprovar a chamada residência laboral, a pessoa deverá possuir Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) com registro de vínculo empregatício com pessoa jurídica com sede em Betim. Trabalhadores terceirizados que prestam serviços à pessoa jurídica com sede na cidade também serão considerados. No momento da imunização, o profissional deverá portar os documentos que comprovam sua residência laboral.

Pré-cadastro é necessário

Conforme adiantado pelo prefeito Vittorio Medioli na semana passada, as empresas situadas na cidade precisam cadastrar seus funcionários no Plano Emergencial. Para isso, devem realizar um pré-cadastro pelo e-mail   sedec@betim.mg.gov.br,   da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Econômico (Seadec), por meio do envio de lista com a relação dos trabalhadores. Pessoas jurídicas que possuem trabalhadores que se enquadram na primeira e na segunda fase de imunização devem enviar duas listas, sendo uma para cada etapa. O pré-cadastro deve ser realizado entre os dias 6 e 8 de abril, para os profissionais da primeira fase, e nos dias 9 e 10 de abril para os trabalhadores da segunda.

Depois desse pré-cadastro, as empresas devem abrir um Processo Administrativo na Seadec, no qual documentos e listagens deverão ser entregues (veja todas as instruções no decreto).

(Informações via Prefeitura Municipal)

Apoiar o jornalismo local não custa nada.
Se esta matéria foi interessante para você, compartilhe em suas redes sociais.


Acompanhe as últimas notícias de Betim também pelas redes sociais
Instagram
Facebook


Quer sugerir uma reportagem? Entre em contato conosco.

Viu alguma informação incorreta ou erro ortográfico em nossos textos? Avise-nos.

Continue navegando. Tem mais conteúdo para você logo abaixo 😉

 

Você está na editoria: Cidade

Comentários

+ lidas

Saúde

Prefeito disse enfrentar dificuldades na aquisição de medicamentos para internação de pacientes, tendo estoque para cerca de dez dias, e a situação afeta o...

Cidade

Internado há duas semanas, Pinduca segue se recuperando após contrair a Covid-19

Cidade

Prefeitura segue determinações do Governo de Minas para diminuir a propagação do coronavírus

Cidade

Todas as 36 Unidades Básicas de Saúde do município estarão abertas nesta sexta-feira (9), das 10h às 18h, para vacinar pessoas com 67 anos

Saúde

A imunização será realizada nesta quarta-feira (14), das 7h às 18h, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade

Saúde

Total de óbitos no município chegou a 738, de acordo com o balanço da Secretaria de Saúde. Foram registrados, também, 292 novos casos nesta...

Cultura

Projeto Semeando Cidadania, Saber & Cultura prevê atividades de arte-educação e valorização do patrimônio cultural. Nos próximos dois anos, pretende alcançar 2.900 pessoas com...

Saúde

Total de casos desde o início da pandemia chega a 23.004, e o de mortes a 720

Publicidade