painéis solares
(Imagem Pixabay)

A Prefeitura de Betim (PMB) informou nesta quinta-feira (4/02), que deu início em um projeto de implantação de uma usina de energia solar no Centro Administrativo João Paulo II, no bairro Brasileia.

Segundo comunicado, o projeto consiste na instalação de usina fotovoltaica em parte do telhado do complexo. Antes disso, toda a estrutura deverá ser reforçada e parte do teto receberá um revestimento que vai melhorar as condições de temperatura no local.

A obra, que será executada em três etapas, deve ser concluída em seis meses. A primeira , que é o reforço da cobertura, já começou e deve durar entre 60 e 90 dias. As demais serão a instalação das placas e a aplicação de um revestimento acústico impermeável à base de poliuretano em parte da estrutura.

A instalação do sistema de energia solar fotovoltaica foi obtida por meio de licitação e será quitada com recursos da prefeitura. O reforço da cobertura e o revestimento são resultado de uma contrapartida feita por uma empresa privada que tem realizado empreendimentos no município.

De acordo com a presidente da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transportes e Trânsito de Betim (ECOS), Marinésia Makatsuru, o objetivo da administração municipal é produzir energia sustentável e, ao mesmo tempo, gerar economia aos cofres públicos. “A energia solar é uma alternativa viável e sustentável, pois além de reduzir gastos, possibilita a geração de energia para diversas atividades. Além disso, as pessoas que transitam pelo Centro Administrativo terão mais conforto, já que a nova cobertura parcial do teto vai melhorar o climatização”, destaca.

Centro Administrativo da Prefeitura de Betim (Imagem Reprodução/Google Maps)
Centro Administrativo da Prefeitura de Betim (Imagem Reprodução/Google Maps)

A instalação da usina solar no Centro Administrativo permitirá a geração de energia suficiente para atender 100% do consumo do edifício, que equivale ao de 700 residências de uma família média brasileira. Segundo Marinésia, “serão produzidos 130 mil quilowatts de energia hora /mês. Com isso, teremos energia limpa para todo complexo administrativo e a produção excedente será descontada no consumo de outros prédios públicos de propriedade do município”, finaliza a presidente da Ecos.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Miss Betim Gay

Inscrições para o 6º Miss Betim Gay vão até dia 20 de junho

A coroação está prevista para acontecer no dia 30 de julho, ainda sem local definido
Avenida Edmeia Matos Lazzarotti em Betim em um dia de chuva

Semana em Betim começa com muito frio e chuva isolada

A temperatura mínima estimada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para este domingo é de 15ºC e a máxima não deve passar dos 28ºC
Entrega de vale-gás e vale-alimentação pelo Insituto Ramacrisna em Betim (MG)

Famílias de baixa renda na Grande BH recebem vale-alimentação e vale-gás

A ação social, realizada pelo Instituto Ramacrisna com o apoio da Petrobras, vai beneficiar 1,3 mil famílias em Betim, Sarzedo e Ibirité
Vista aérea da região central de Betim (Imagem PMB)

Temperaturas seguem em queda, e Betim pode ter dia mais frio do ano

O motivo para essa queda brusca de temperaturas se deve ao avanço de uma frente fria, que chegou a Minas no domingo, seguida por uma massa de ar de origem polar
Conteúdo patrocinado: