Também estamos nas redes sociais

Hi, what are you looking for?

Betim

Educandos do CENSA Betim produzem cadernos para crianças da África

Além de estimular as atividades escolares de crianças carentes da África, ação contribui para a inclusão de pessoas com deficiência intelectual, numa corrente de solidariedade e amor que rompe as fronteiras do Brasil

Ajudar quem precisa. Com essa ideia, o CENSA Betim instituição com 56 anos de história e referência nacional nos cuidados a pessoas com deficiência intelectual, tem feito parte de uma corrente de solidariedade através do projeto ‘Cadernos Fraternos’, da ONG ‘Fraternidade sem Fronteiras’. A iniciativa, que tem como objetivo levar cadernos para várias regiões necessitadas do Brasil e da África, ajuda crianças carentes que não têm acesso a material escolar básico, como cadernos, lápis e borracha.

A mestre em psicologia e diretora do CENSA Betim, Natália Costa, é também coordenadora voluntária do Cadernos Fraternos em Minas Gerais. Para ela, o projeto oferece muito mais que materiais para estudar. “Esta é uma ação que tem como objetivo oferecer cadernos, lápis, canetas, estojo para crianças e jovens ligados aos projetos da Fraternidade sem Fronteiras, no Brasil e na África. O diferencial nessa ação tão importante está nas capas que esses cadernos são revestidos. Mãos amorosas preenchem essas capas de amor e beleza e em 2019, nós tivemos escolas envolvidas com seus alunos, pais e professores. Ou seja, tivemos famílias inteiras envolvidas em várias tardes e noites de trabalhos com relatos profundamente emocionantes, mostrando o que um simples caderno pode fazer”, comenta.

Segundo Natália Costa, a produção dos cadernos que serão destinados para a África tem um forte envolvimento emocional dos educandos do CENSA Betim. Prova disso, é que fica claro a alegria deles em participar. “Vamos acompanhando esse despertar que os Cadernos Fraternos nos proporcionam. No começo, é somente uma fresta, mas por essa fresta cruzará um campo moçambicano, um sorriso de uma criança, uma mãozinha e um caderno e assim são todos os anos. Cadernos Fraternos agregando, levantando, despertando e mostrando que tudo começa com as mãos abertas. Além dos cinco polos no Brasil, o projeto agrega mais quatro polos internacionais, sendo, Itália, Suíça, França e EUA. Ou seja, está em vários lugares”, salienta.

1º Encontro Cadernos Fraternos – 6 º Edição 2020 Brasil

Para celebrar as mãos amorosas que ajudam o projeto a acontecer, será realizado o ‘1º Encontro Cadernos Fraternos’, com o foco na importância da educação para o futuro das crianças no mundo. “Devido a pandemia de Covid-19, faremos o evento na modalidade virtual, com a Sexta Edição 2020 Brasil, que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de outubro. O encontro terá como tema central ‘É preciso plantar a semente da educação para colher os frutos da cidadania” – Paulo Freire’. Convidamos a todos para participar desta linda ação que mostra o que um simples caderno pode fazer muita diferença nas vidas de tantas crianças no Brasil e na África”, completa.

(Imagem Divulgação)
Comentários

Continue lendo

Brasil

O CENSA Betim, instituição que referência nacional com 56 anos de história nos cuidados a pessoas com deficiência intelectual e autismo, luta diariamente pela...

Betim

Instituição que é referência nacional nos cuidados a pessoas com deficiência intelectual completa mais um ano de atuação e reconhecimento, com educandos de diversas...

Saúde

Muitas pessoas ainda acreditam que o autismo representa uma espécie de condenação sem volta e que o diagnóstico significa uma vida sem oportunidades –...

Publicidade