Jogo de vôlei entre Cruzeiro e Goiás
Foto: Agência i7/Cruzeiro

Atualização: Os ingressos para a final do Mundial de Clubes de Vôlei, neste sábado (11), entre Cruzeiro e Lube Civitanova, estão esgotados.

A venda presencial de ingressos para o Mundial de Clubes de Vôlei Masculino começa neste sábado (4) na bilheteria do Ginásio Poliesportivo Divino Braga, em Betim. O campeonato ocorre entre os dias 7 e 11 de dezembro. Esta é a quinta vez que o município sedia o evento.

Além da bilheteria do ginásio, os ingressos também são comercializados, das 9h às 19h, na rua do Rosário, 182, no Angola. A venda online segue no gofree.co/mundialdevolei.

O ingresso tem o custo de R$30 na fase classificatória, e os tickets são válidos para acompanhar os dois jogos do dia. Já nas semifinais, o valor do bilhete é R$40, também válido para acompanhar os dois confrontos. E no dia da decisão, que ainda terá a disputa pela medalha de bronze, o ingresso custa R$50. Há, ainda, a possibilidade de compra do passaporte, por R$100, válido para todos os jogos.

A competição será disputada por seis clubes, sendo: Lube e Trentino (Itália); Cruzeiro e Vôlei Natal (Brasil); UPCN (Argentina), Foolad Sirjan (Irã). Veja a tabela de jogos do Mundial de Clubes.

Bilheteria do Ginásio Divino Braga
(Rua Redelvim Andrade, 300 – Horto, Betim)
Sábado, 04/12, de 9h às 18h
Domingo, 05/12, de 9h às 16h
A partir de terça, 07/12 – de 11h até o começo da segunda partida do dia

Protocolo de saúde

Para acompanhar o Mundial de Clubes no Divino Braga, o torcedor deverá usar máscara no acesso e durante toda a permanência no ginásio. O acesso será permitido somente para quem apresentar comprovante de imunização completa (duas doses de vacina ou uma dose da Janssen), impresso ou digitalmente, ou teste negativo para Covid-19.

Serão aceitos apenas testes impressos das seguintes opções: teste rápido de antígeno para Covid-19 realizado no máximo 24h antes da partida ou teste RT-PCR realizado no máximo 48h antes do evento.

Crianças com idade até 12 anos não precisam apresentar teste ou comprovante de imunização, mas devem estar acompanhadas de seus responsáveis.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Conteúdo patrocinado: