Entrada principal Centro Administrativo da Prefeitura de Betim (Imagem Anselmo UBL/PMB/Divulgação)
Entrada principal Centro Administrativo da Prefeitura de Betim (Imagem Anselmo UBL/PMB/Divulgação)

Em decreto publicado nesta sexta-feira (1º), no Órgão Oficial do Município, dois membros do governo Vittorio Medioli (sem partido) foram exonerados dos cargos que ocupavam na prefeitura.

O diretor de serviços ambientais da Ecos, Ronie Von Fonseca, deixou o cargo para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Já Maria Vanúzia Mendes Santos, que atuava como superintendente de Proteção e Segurança Alimentar, deverá se lançar como pré-candidata à Assembleia Legislativa. Ambos são filiados ao União Brasil. Os substitutos para os cargos vagos ainda não foram definidos.

Nesta sexta-feira (1º), seis meses antes do primeiro turno das eleições (2 de outubro), termina o prazo para políticos trocarem de partido – a chamada janela partidária. Já o prazo para secretários, governadores e prefeitos que planejam disputar as eleições renunciem termina amanhã (2).

Já Vittorio Medioli deve desistir de disputar o governo de Minas, segundo apurou a jornalista Edilene Lopes, colunista da rádio Itatiaia. O prefeito passou o último mês se reunindo com partidos para tentar fechar uma aliança, entre eles o Podemos, União Brasil e Republicanos. A decisão será anunciada neste sábado.

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Conteúdo patrocinado: