Também estamos nas redes sociais

Faça sua busca no Agenda Betim

Grande BH

Grande BH entra na Onda Verde do Minas Consciente

Maior parte de Minas Gerais está na Onda Verde do programa de flexibilização das atividades econômicas; Nesta fase, parte do setor de entretenimento passa a ter autorização para retornar atividades. Betim ainda não definiu quais atividades serão liberadas

O Governo de Minas anunciou na quarta-feira (14) que quatro macrorregiões do estado, incluindo a Grande BH, avançaram para a Onda Verde do Minas Consciente e, com isso, poderá permitir o retorno de atividades com grau elevado de contágio.

De acordo com o Governo, as macrorregiões Triângulo do Norte, Sudeste, Noroeste e Centro apresentaram um quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela, o que permitiu o avanço para a onda verde, que possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio.

Na Onda Verde do Minas Consciente estão liberadas as seguintes atividades:

  • Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;
  • Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;
  • Parques, zoológicos e jardins;
  • Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;
  • Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;
  • Bares com entretenimento (shows e espetáculos);
  • Serviços de colocação de piercings e tatuagens.
Ondas do Minas Consciente (Imagem Governo de Minas/Divulgação)

Betim

A Prefeitura de Betim vem seguindo as deliberações do Minas Consciente desde 14 de julho, quando foi obrigada, assim como outras cidades, através de medida judicial, a aderir ao programa estadual. Em setembro, no entanto, após o Governo de Minas liberar o retorno das aulas do ensino superior nas cidades da Onda Amarela (na qual Betim estava inserida) e na educação básica nas cidades da Onda Verde, Betim não seguiu o programa, mantendo suspensas as aulas presenciais em todos os níveis. Duas semanas depois, liberou o retorno das aulas no ensino superior. Ainda não há previsão de retorno das aulas na rede pública e particular nas escolas da educação básica.

No Minas Consciente, cabe aos municípios a decisão final sobre como irá proceder na flexibilização das atividades. Em nota, a Prefeitura de Betim informou que está avaliando quais atividades serão liberadas e a atual situação da Covid-19 na cidade.

Nota da Prefeitura de Betim:

“Com a classificação de Betim na Onda Verde do Minas Consciente, a administração municipal está discutindo as restrições que serão mantidas e o que será liberado, avaliando a atual situação do município e seus dados epidemiológicos. Um novo protocolo será elaborado para essa nova fase”.

Comentários

Continue lendo

Minas Gerais

Com a nova fase, bares e restaurantes podem permitir consumo no local, além da abertura de autoescolas, salões de beleza e lojas de roupas

Minas Gerais

O Comitê Extraordinário Covid-19 ainda divulgará as ondas a serem seguidas por cada microrregião

Betim

Nesta semana, após uma decisão judicial, cidades da região metropolitana de Belo Horizonte, como Betim, Contagem, São Joaquim de Bicas, Igarapé, entre outras, aderiram...

Betim

Na noite desta terça-feira (14), o prefeito de Betim, Vittorio Medioli (PSD), informou em uma transmissão nas redes sociais, que Betim, por determinação judicial,...

Publicidade