Imagem de uma Carteira de Trabalho do Brasil
(Imagem Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

As demissões no mês de novembro em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, superaram as admissões com carteira assinada em 1.546 postos de trabalho. Foram 9.167 contratações e 10.713 desligamentos, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na quarta-feira (23/12), pelo Ministério da Economia.

Apesar do resultado negativo em novembro, no acumulado do ano o saldo é positivo. Foram 78.433 contratações e 73.274 demissões, tendo saldo de 5.159 postos neste ano em Contagem.

Novembro

Admissões9.167
Desligamentos10.713
Saldo– 1.546
Saldo de empregos formais em novembro de 2020 em Contagem. Fonte: Novo Caged/Ministério da Economia

Acumulado do ano

Admissões78.433
Desligamentos73.274
Saldo5.159
Saldo de empregos formais no ano de 2020 em Contagem, na série com ajustes. Fonte: Novo Caged/Ministério da Economia

Brasil

Na contramão de Contagem, o Brasil segue pelo quinto mês seguido, com saldo positivo na geração de empregos. Foram 1.532.189 admissões e 1.117.633 desligamentos em novembro, com saldo de 414.556 postos. O número é o melhor da série histórica da pesquisa, iniciada em 1992.

Diante da sequência de dados positivos, o saldo acumulado em 2020 ficou positivo pela primeira vez e chegou a 227.025 postos de trabalho criados ao longo do ano.

Imagem de uma Carteira de Trabalho do Brasil
(Imagem Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Conteúdo patrocinado: