Vista aérea do Polo Automotivo da Fiat em Betim (Imagem Fiat/Divulgação)
Vista aérea do Polo Automotivo da Fiat em Betim (Imagem Fiat/Divulgação)
Vista aérea do Polo Automotivo da Fiat em Betim (Imagem Fiat/Divulgação)
Vista aérea do Polo Automotivo da Fiat em Betim (Imagem Fiat/Divulgação)

A Fiat confirmou que trabalhadores de parte de sua planta produtiva em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, entrarão em férias coletivas a partir desta quarta-feira (10). De acordo com a Stellantis, empresa formada com a fusão entre Fiat Chrysler Automobiles e PSA (Peugeot Citroën), a decisão tem o objetivo de adaptar o ritmo de produção às condições atuais de volume e regularidade de fornecimento de componentes.

Ainda segundo a empresa, a medida envolverá menos de 10% do efetivo da fábrica, tendo início em 10 de março, e retorno previsto para 22 de março. A empresa informou, também, que continuará em contato e em negociação com seus fornecedores para normalizar os fluxos de suprimentos.

Nota da Stellantis

“A fim de adaptar o ritmo de produção na planta de Betim às condições atuais de volume e regularidade de fornecimento de componentes, o Polo Automotivo Fiat, de Betim, MG, concederá férias por 10 dias aos trabalhadores do segundo turno de uma de suas três linhas de produção. A medida envolverá menos de 10% do efetivo da fábrica e terá início em 10 de março, com retorno ao trabalho previsto para 22 de março. Nenhuma outra planta do grupo está afetada pela medida. A empresa continuará em contato e em negociação com seus fornecedores para normalizar os fluxos de suprimentos.”

Compartilhe

 

Comunicar erroFale conoscoNewsletter

Mais do Agenda Betim
Parque Industrial de Betim

Log lança novo parque industrial em Betim

Empreendimento localizado entre as rodovias BR-381 e BR-262 possui 6 milhões de metros quadrados e 160 lotes industriais; Vilma Alimentos, Belgo Bekaert e o Grupo Buzatto’s já atuam no local
Conta de energia Cemig

Sem taxa extra, conta de luz deve ficar 20% mais barata

Bandeira de escassez hídrica entrou em vigor em setembro de 2021 por causa do baixo nível dos reservatórios de água no país
Conteúdo patrocinado: