Também estamos nas redes

Faça sua busca

Brasil

Câmara aprova criação de programa emergencial para setor de eventos

Projeto prevê parcelamento de débitos de empresas com o Fisco

Show dos Vencedores - Festival de Música Nacional FM 2019
(Imagem Arquivo/Marcello Casal Jr. Agência Brasil)

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (7) o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). O projeto prevê o parcelamento de débitos de empresas do setor de eventos com o Fisco federal, além de medidas para compensar a perda de receita em razão da pandemia de covid-19. A matéria segue para sanção presidencial. 

“Como nós sabemos, foi o primeiro setor que parou no país e, sem dúvida, será o último a ser retomado, o setor mais prejudicado no país, que afeta inclusive diversos outros, como os de serviço, limpeza, segurança, som, iluminação. E nós precisamos, como legisladores, atuar para garantir a sobrevivência do setor”, afirmou a relatora, deputada Renata Abreu (Podemos-SP).

Poderão aderir ao programa empresas de hotelaria em geral; cinemas; casas de eventos; casas noturnas; casas de espetáculos e empresas que realizem ou comercializem congressos, feiras, feiras de negócios, shows, festas, festivais, simpósios ou espetáculos em geral e eventos esportivos, sociais, promocionais ou culturais, além de entidades sem fins lucrativos. A relatora incluiu no texto aprovado buffets sociais e infantis como pertencentes ao setor de eventos.

O texto prevê alíquota zero  do PIS/Pasep, da Cofins e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) por 60 meses e a extensão, até 31 de dezembro de 2021, do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac) para as empresas do setor.

A regra geral prevê desconto de até 70% sobre o valor total da dívida e até 145 meses para pagar, exceto os débitos previdenciários, para os quais a Constituição limita o parcelamento em 60 meses. Podem ser parcelados débitos com a Receita Federal e com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Para custear os benefícios dados ao setor de eventos, o projeto destina, além dos recursos orçamentários e do Tesouro Nacional alocados, 3% do dinheiro arrecadado com as loterias administradas pela Caixa Econômica Federal e com a Lotex.

Os deputados aprovaram a inclusão feita no texto pelos senadores da criação de indenização para as empresas de eventos que tiveram perda superior a 50% do faturamento entre 2019 e 2020, limitada ao valor global de R$ 2,5 bilhões. O valor a receber por empresa será definido em regulamento e calculado com base no pagamento da folha de salários entre 20 de março de 2020 e o fim da emergência decorrente da pandemia, a ser definido pelo Ministério da Saúde.


Apoiar o jornalismo local não custa nada.
Se esta matéria foi interessante para você, compartilhe em suas redes sociais.

Banner newsletter Agenda Betim

 


Quer sugerir uma reportagem? Entre em contato conosco.

Viu alguma informação incorreta ou erro ortográfico em nossos textos? Avise-nos.

Continue navegando. Tem mais conteúdo para você logo abaixo 😉

 

Comentários

+ lidas

Saúde

Pessoas de 59 anos, as que possuem deficiência permanente (independente da idade), com comorbidades (40 a 49 anos), motoristas do transporte de passageiros (vans,...

Cidade

O ônibus conta com uma câmera suspensa a 12 metros, com ângulo de 360º. Além disso, outras quatro câmeras estão instaladas na parte externa

Saúde

Cerca de 19 mil alunos deverão ser vacinados no município. Decisão de priorizar este público, antes das pessoas mais expostas ao coronavírus, não é...

Saúde

Nesta primeira etapa, a imunização será com os alunos da rede municipal de ensino dos 7º, 8º e 9º ano do ensino fundamental.

Grande BH

Cerca de 3,2 mil famílias em situação de vulnerabilidade social das cidades de Betim, Sarzedo e Ibirité serão beneficiadas

Cidade

Caso a decisão não seja cumprida, o município poderá pagar uma multa de R$ 500 por cada dose da vacina aplicada.

Mercado de Trabalho

Inscrições são feitas pela internet. Há vagas para auxiliar, ajudante, técnico de planejamento, eletricista, conferente, caseiro, entre outras

Saúde

Foram treze registros nas últimas 24 horas, de acordo com o balanço da Secretaria Municipal de Saúde. No mesmo período, 108 casos foram confirmados....

Publicidade